Artigos do blog

Quando o desafio for grande, a vitória será ainda maior!

desafios do mercado financeiro

Nosso artigo de hoje é baseado na reflexão de Jefferson Laatus sobre a teoria das 10.000 horas, abordada em um bate papo com os membros do Hub e após ser perguntado sobre a importância do famoso “tempo de tela”. 

Você já ouviu falar da teoria das 10 mil horas?

Esta é uma teoria proposta por Malcolm Gladwell, autor do famoso livro “Outliers”, que sugere que em média são necessárias 10 mil horas de prática dedicada para alcançar a maestria em uma determinada habilidade.

Essa ideia destaca a importância da prática consistente e focada no desenvolvimento de expertise em variados campos, e é fruto de um estudo publicado em 1.993 por Anders Ericsson, um professor da universidade do Colorado, que estudou por diversos anos um grupo de violinistas na tentativa de descobrir o que separava um músico profissional de um mediano.

Ao final de seu estudo ele percebeu que a excelência era alcançada por aqueles que já tinham estudado por 10 mil horas, enquanto os alunos considerados menos talentosos tinham praticado em média por 6.000 horas a menos.

Neste dia Jefferson destacou o fato de que não devemos se atentar tanto aos números, mas sim em nossa evolução, como você pode ver no trecho abaixo:

“Não dá para ficar contando hora, o que deve ser feito é criar uma constância em cima daquilo e vivenciar a sua evolução.

Você deve se perguntar como estava há um mês atrás, há um ano atrás… E se perceber que está pior do que já esteve, é porque o caminho escolhido não é o caminho ideal.

E essa é hora de reavaliar a sua rota.”

Tempo de tela ou tempo operacional?

No mercado financeiro o “tempo de tela” é muitas vezes confundido com tempo operacional, mas essa não é uma verdade absoluta.

É importante ter em mente que o trader também evolui a partir da análise do que foi feito, ao assistir a gravação de suas operações, e até com replays de mercado, por exemplo.

A confiança do trader em formação não virá após determinado tempo operando, mas a partir do sentimento de estar preparado, o que por sua vez só ocorrerá ao vivenciar por várias vezes as mesmas situações.

Quando o desafio é grande, a vitória será ainda maior!

O mercado financeiro é fascinante como poucas profissões, mas este glamour uma hora ou outra irá passar.

Quando isso acontece é porque nos damos conta de que por trás da real e imensa oportunidade de mudarmos de vida através do que ele pode nos proporcionar, há uma dificuldade enorme que nos obriga a dar o máximo todos os dias.

E é por dilemas como este que costumam dizer que o mercado é para todos, mas nem todos são para o mercado – uma frase que somente o trader com razoável preparo consegue entender.

E ao contrário do que parece em um primeiro momento, esta não é uma afirmação que trata da dificuldade que o mercado impõe ao trader, mas sim da entrega do trader ao mercado, e que deve ser absoluta apesar dessa dificuldade.

Portanto … pratique, aprenda, e altere sua rota sem abrir mão de celebrar cada micro vitória ao longo de sua jornada, mas sempre respeite o seu processo.

Estranhe quando parecer fácil e saiba tirar o devido proveito de cada dificuldade.

Jamais se esqueça de que na facilidade ninguém evolui.

E se essa for a sua escolha, faça até dar certo!

Caso queira saber mais detalhes sobre esse assunto, assista ao vídeo abaixo!

Deixe um comentário

Subscribe
Notificação de

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos comentários

Veja outros Artigos